Tudoem Ilhabela
Tudoem Ilhabela Tudoem Ilhabela Tudoem Ilhabela Tudoem Ilhabela Tudoem Ilhabela Tudoem Ilhabela Tudoem Ilhabela Tudoem Ilhabela Tudoem Ilhabela Tudoem Ilhabela
Close
Fechar
De norte ao sul da Ilha, veja ao vivo
Tudoem Ilhabela

Museu Waldemar Belisário recebeu mais de

Fonte:Prefeitura de Ilhabela
Tudoem Ilhabela
Tudoem Ilhabela

Museu Waldemar Belisário recebeu mais de 10,3 mil visitas de agosto a dezembro de 2021

Exposição definitiva da Congada de Ilhabela é um dos destaques do Museu Waldemar Belisário

O Museu Waldemar Belisário, localizado na Vila – centro histórico de Ilhabela, recebeu a visita de mais de 10,3 mil pessoas no período de 25 de agosto à 31 de dezembro de 2021. O local é um dos principais atrativos turísticos e culturais da cidade. 

O espaço conta com importantes exposições que engrandecem e valorizam a cultura local como o tradicional 43º Salão de Artes Plásticas Waldemar Belisário. Este ano, o evento contou com a participação de artistas regionais e internacionais, além de reunir 293 obras do artista oriundas dos mais diversos locais do Brasil, sendo o recorde de participação em 43 anos. 

Outro destaque é a exposição “Congada de Ilhabela”, que traz obras que retratam a história desta importante manifestação cultural que se repete todos os anos, há mais de um século e meio na cidade. Na mostra, estão expostas fotografias do acervo da Fundação Arte e Cultura de Ilhabela, bonecos da congada feitos de papel machê pela artista Débora de Paula, o tradicional Mastro de São Benedito, um quadro de São Benedito pintado à óleo pelo artista Giba Ilhabela e instrumentos musicais usados durante os bailes, como a Marimba.

No local é possível também conferir a mostra “Vida e Obra de Waldemar Belisário” e ainda conferir a exposição de réplicas e histórias de navios como o Velasquez, que naufragou em 1908 próximo a Ponta da Sela e Príncipe de Astúrias que naufragou em 1916 na região da Ponta da Pirabura. Há também réplicas de um Filibote (tipo de navio de carga Holandês dos séculos XVI a XVIII), Nau Portuguesa (do período das grandes navegações do século XV) e Embarcação Fenícia (na história da construção das primeiras embarcações que utilizava o remo como elemento motor), Cisne Branco da Marinha do Brasil, entre outros.

O Museu leva o nome do primeiro artista plástico a escolher a cidade de Ilhabela para viver e produzir suas artes. Waldemar Belisário morou no arquipélago entre 1930 e 1942, onde viveu em uma casa humilde na Baía de Castelhanos e se casou com Celina Cerqueira, professora pública da escolinha que funcionava na casa do casal.

Serviço:

Localizado na Avenida Pedro de Paula Moraes, nº 139, na Vila, o Museu Waldemar Belisário fica aberto de segunda a quinta-feira das 9h às 18h; e de sexta a domingo, das 9h às 21h.

Autor

Tudoem

Prefeitura de Ilhabela

Prefeitura de Ilhabela

ilhabela@tudoemilhabela.com.br

http://

Comentários

Voltar ao Topo