Tudoem Ilhabela
Tudoem Ilhabela Tudoem Ilhabela Tudoem Ilhabela Tudoem Ilhabela Tudoem Ilhabela Tudoem Ilhabela Tudoem Ilhabela Tudoem Ilhabela
Close
Fechar
De norte ao sul da Ilha, veja ao vivo
Tudoem Ilhabela

Conselheiros do Fundeb de Ilhabela

Fonte:Prefeitura de Ilhabela
Tudoem Ilhabela
Tudoem Ilhabela

Conselheiros do Fundeb de Ilhabela elegem novo presidente

Eleito estará à frente do conselho para o biênio de 2018/2020

 

O Conselho Municipal de Acompanhamento e Controle Social do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento de Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação – Fundeb de Ilhabela realizou na manhã desta terça-feira (18), na sede da Secretaria de Educação, uma nova eleição para presidente.

No pleito foi definido que César Felipe Quintino dos Santos é o novo presidente. “Quero contribuir muito para dar visibilidade e transparência ao conselho. Sou professor da rede, membro do Conselho Municipal de Educação e do Plano Municipal de Educação”, declarou Santos.

A eleição foi necessária devido a renúncia do presidente e membro do conselho, Adalberto Lopes, que deixa este e outros postos que ocupa para assumir em janeiro a Secretaria de Cultura do município. “Fiquei à frente do conselho por dois anos. Para realizar um trabalho eficiente é preciso querer contribuir, carinho ao escutar o que todo mundo tem a dizer e fazer os apontamentos necessários”, disse Lopes, que também deixa o posto de conselheiro representante dos pais de alunos.

Com a saída de Adalberto, a suplente Yoná Santos Souza, passa a ser a titular e em breve será realizada uma nova eleição para que o grupo eleja o novo suplente.

O conselho deve se reunir novamente no dia 23 de janeiro, ocasião em que vão deliberar sobre as contas do 4º trimestre.

 

Conselho de Acompanhamento e Controle Social do Fundeb

O Conselho de Acompanhamento e Controle Social do Fundeb é um colegiado que tem como função principal acompanhar e controlar a distribuição, a transferência e a aplicação dos recursos do Fundo, no âmbito das esferas municipal, estadual e federal. O conselho não é uma unidade administrativa do governo. Assim, sua ação deve ser independente e, ao mesmo tempo, harmônica com os órgãos da administração pública local.

O Poder Executivo deve oferecer ao conselho o necessário apoio material e logístico – disponibilizando, se necessário, local para reuniões, meio de transporte, materiais, equipamentos etc. – de forma a assegurar a realização periódica das reuniões de trabalho, garantindo condições para que o colegiado desempenhe suas atividades e exerça efetivamente suas funções.

A atividade dos conselhos do Fundeb soma-se ao trabalho das tradicionais instâncias de controle e fiscalização da gestão pública. Entretanto, o conselho do Fundeb não é uma nova instância de controle, mas sim de representação social, não devendo, portanto, ser confundido com o controle interno (executado pelo próprio Poder Executivo), nem com o controle externo, a cargo do Tribunal de Contas, na qualidade de órgão auxiliar do Poder Legislativo, a quem compete a apreciação das contas do Poder Executivo.

O controle exercido pelos conselhos do Fundeb representa a atuação da sociedade, que pode apontar falhas ou irregularidades eventualmente cometidas, para que as autoridades constituídas, no uso de suas prerrogativas legais, adotem as providências que cada caso venha a exigir.

Entre as atribuições dos conselhos do Fundeb, estão:

  • Acompanhar e controlar a distribuição, a transferência e a aplicação dos recursos do Fundeb;
  • Supervisionar a elaboração da proposta orçamentária anual, no âmbito de suas respectivas esferas governamentais de atuação;
  • Supervisionar a realização do censo escolar anual;
  • Instruir, com parecer, as prestações de contas a serem apresentadas ao respectivo Tribunal de Contas. O parecer deve ser apresentado ao Poder Executivo respectivo em até 30 dias antes do vencimento do prazo para apresentação da prestação de contas ao Tribunal; e
  • Acompanhar e controlar a execução dos recursos federais transferidos à conta do Programa Nacional de Apoio ao Transporte do Escolar e do Programa de Apoio aos Sistemas de Ensino para Atendimento à Educação de Jovens e Adultos, verificando os registros contábeis e os demonstrativos gerenciais relativos aos recursos repassados, responsabilizando-se pelo recebimento e análise da prestação de contas desses programas, encaminhando ao FNDE o demonstrativo sintético anual da execução físico-financeira, acompanhado de parecer conclusivo, e notificar o órgão executor dos programas e o FNDE quando houver ocorrência de eventuais irregularidades na utilização dos recursos.

Autor

Tudoem

Prefeitura de Ilhabela

Prefeitura de Ilhabela

ilhabela@tudoemilhabela.com.br

http://

Comentários

Voltar ao Topo